3 de jan de 2016

03 DE JANEIRO - Celebração do Dia

"Dança da Corça", cerimonia das mulheres dos índios Pueblos dedicada ao aumento da fertilidade. Essa cerimonia incluía danças rituais com mascaras de corças e chifres de cervos, sendo dedicada à Grande Mãe em sua representação como a "Mãe dos Cervos".

Na Grécia Antiga, o festival Lanaia celebrava Dioniso, o deus do vinho e da fertilidade.

Isis por Thalia Took
No Egito, neste dia, reverenciava-se a deusa Ísis em seu aspecto de Ísis Panthea ou Ísis todo-abrangente, a senhora da Lua, mãe do Sol e das estrelas, rainha da Terra e de todos os seres vivos, protetora e condutora dos mortos.

Comemoração de Santa Genevieve, a padroeira da cidade de Paris, reminiscencia de uma antiga celebração da deusa da terra Onuava.

Fim dos festejos japoneses San-ga-nichi, celebrando a deusa da riqueza Tsai Shen com oferendas de peixe e vinho colocadas na frente de suas imagens. Os símbolos de boa sorte relacionados ao culto dessa deusa, eram o sapo com três pernas, a caixinha do tesouro onde morava Ho Ho Er Hsien, o Espirito da Fortuna, o morcego e os lingotes de ouro. 

Ritual do Dia:
Para atrair a benção da deusa Tsain Shen para suas finanças, dedique-lhe um pequeno altar com alguns desses símbolos, junto com velas, moedas untadas com a essência do seu signo, uma posta de peixe frita e um copo de vinho. Visualize a deusa abrindo seu cofre mágico e encaminhando o Espirito da Fortuna para você.

*informações extraídas do livro “O Anuário da Grande Mãe”, de Mirella Faur.
 http://www.teiadethea.org/

Nenhum comentário:

Postar um comentário