29 de mai de 2016

29 DE MAIO - Celebração do Dia

Ceres por Thalia Took
Ambarvália, festival romano da Mãe do Milho celebrando a deusa Ceres com procissões e cânticos. As pessoas passavam sobre os campos recém-semeados pedindo as bênçãos da Deusa para ter abundância nas colheitas.

Antigamente, na Hungria, as mulheres enfeitavam-se e dançavam na entrada das lavouras, pedindo às deusas do tempo proteção contra o granizo e as pragas.


Dia do Carvalho, na Inglaterra. Neste dia, faziam-se invocações para afastar as pragas, as chuvas de granizo e para garantir a saúde dos animais e dos camponeses. Oferendas de animais eram feitas; eles deviam atravessar os campos por três vezes antes de serem sacrificados. Outras oferendas consistiam de guirlandas de flores, frutas, bolos de milho, leite, vinho e mel. Ainda hoje, são usados galhos, folhas e frutos de carvalho para enfeitar as residências, atraindo, assim, os poderes protetores do carvalho.

No Brasil, pode-se substituir o carvalho por qualquer árvore frondosa e resistente, como mangueiras ou figueiras. Antes de tirar qualquer galho vivo de uma árvore, sempre peça licença a seu guardião, oferecendo em troca alguma coisa, como um fio de cabelo seu, uma moeda ou um pouco de fubá.

Dia da mulher, em Ibo, na África e festa da colheita dos morangos dos índios Iroquois.


Festas romanas homenageando o deus Marte com sacrifícios de carneiros, rituais de purificação, danças e competições esportivas. 


*informações extraídas do livro “O Anuário da Grande Mãe”, de Mirella Faur.  http://www.teiadethea.org/

Nenhum comentário:

Postar um comentário