31 de mai de 2016

31 DE MAIO - Celebração do Dia

Celebração dos deuses gregos Perséfone Plutão, com danças e competições esportivas perto do Rio Tibre, em Tarentum.  

Na mitologia pré-helênica, Pluto era o aspecto escuro da Tríplice Mãe, sendo que seus outros dois aspectos eram formados por Kore e Perséfone. A palavra Pluto significava "riqueza" e "abundância". Na mitologia grega, posteriormente adotada pelos romanosPluto era irmão de Zeus e senhor do Hades, o mundo escuro dos mortos. Foi ele quem raptou Perséfone, a filha amada da deusa Deméter, tornando-a a rainha do mundo subterrâneo.

Persephone, Spring
and Hades Goddess
Nouveau por Phoenixnight
 
Sellisternia, a celebração de Ísis em seu aspecto de Stella Maris, a protetora dos marinheiros. Em Roma, as matronas levavam oferendas para as deusas Juno e Diana.


No folclore celta, comemora-se a linda princesa irlandesa Grainne, que preferiu o exílio com seu amado e a morte a ter de se casar por obrigação com outro. Esta lenda originou-se em um antigo mito sobre a deusa solar Grainne, que escolheu fugir com um jovem e abandonou seu velho marido. A batalha entre o jovem e o ancião descreve a escolha do novo consorte da Deusa, substituindo-se o antigo rei. De uma maneira simbólica, esta lenda expõe os ressentimentos patriarcais em relação a liberdade de escolha feminina e o domínio do homem sobre a mulher, já que o jovem herói é morto e Grainne, ao se ver obrigada a voltar a viver com seu velho marido, opta pela morte.

A antiga tribo celta do povo Averni homenageava Basihea ou Bakeaki, a deusa do céu, criadora dos pássaros e protetora das viagens - físicas ou mentais. Para se conectar a essa antiga e esquecida deusa, invoque-a para desvendar algum segredo, para chamar algum pássaro como seu aliado ou para protege-la em suas viagens aéreas. Oferte-lhe algumas penas ou folhas de árvore, soltando-as ao vento ou dance imitando o vôo dos pássaros, projetando-se mentalmente para a morada celeste da Deusa.

Comemoração do nascimento, da iluminação e da passagem de Buda, com a cerimonia da Tríplice Bênção. As casas e os templos são decorados com flores e flamulas de oração e são feitas oferendas de incenso e arroz pedindo sua bênção.

*informações extraídas do livro “O Anuário da Grande Mãe”, de Mirella Faur.  http://www.teiadethea.org/


Nenhum comentário:

Postar um comentário