6 de jul de 2016

06 DE JULHO - Celebração do Dia

Celebração de Chih Nu, a deusa tecelã chinesa, padroeira das tecelãs, dos casamentos e regente da estrela Vega, da constelação de Lira. A tarefa desta deusa era tecer as roupas das divindades com os fios multi coloridos do arco-iris.

Festa de Io, antiga representação grega da Lua como uma deusa com cabeça de vaca, ornada com chifres e tendo em seu corpo as três cores sagradas da Deusa: branco, vermelho e preto. Posteriormente, esse simbolismo foi atribuído a Hera, que passou a ser chamada de "deusa com olhos de vaca" e Io foi reduzida a uma simples mortal, amante de Zeus e transformada por ele em vaca para escapar à fúria de Juno.

Dia dedicado às deusas lunares adornadas com chifres Hathor, Io, Hera, Juno, Luna, Pasiphae, Selene, Ishtar, Ísis e Nephtys.

Neste dia, na Espanha, em lugar das antigas celebrações da Deusa, começam as sangrentas e absurdas corridas de touros. O touro, antigamente, era um animal sagrado e sacrificado apenas nos rituais, sem colocar em risco a vida dos jovens e sem torturar o animal. Em Creta, pelo contrário, jovens (moças e rapazes) participavam de todo o tipo de competições, inclusive com saltos acrobáticos sobre os touros, que depois eram coroados e não sacrificados.

*informações extraídas do livro “O Anuário da Grande Mãe”, de Mirella Faur.  http://www.teiadethea.org/

Nenhum comentário:

Postar um comentário